face  ins

sexta 21 junho 2024
Escola Secundária de Latino Coelho
Escola Básica de Lamego (Escola E.B. 2,3 de Lamego)
Escola Básica N.º 1 de Lamego (Centro Escolar de Lamego)
Escola Básica de Penude (Centro Escolar de Lamego-Sul, Penude)
Escola Básica de Cambres
map-shadow
SARAU DE ENCERRAMENTO DAS ATIVIDADES GÍMNICAS 20-06-2024
Chegou ao fim mais um ano de trabalho...
FERNANDO ALEXANDRE VISITA CTE DA LATINO COELHO 17-06-2024
O Ministro da Educação,...
REGIONAL NORTE DO DESPORTO ESCOLAR - GINÁSTICA 16-06-2024
No passado dia 31 de maio, o Agrupamento de...
LI E GOSTEI "O MISTÉRIO DA ESTRADA DE SINTRA" E "QUINTA..." 16-06-2024
“Leituras para todos – Li e...
TODOS A GIRAR NO COURT DE TÉNIS NA BÁSICA DE LAMEGO 16-06-2024
Realizou-se na Escola Básica de...
EXPOSIÇÃO "DESCOBRIR CAMÕES" 11-06-2024
O Agrupamento de Escolas Latino Coelho,...
LATINO COELHO TEM SELO DE GARANTIA DE QUALIDADE EQAVET 09-06-2024
O Agrupamento de Escolas Latino Coelho,...
OFERTA FORMATIVA PARA O ANO LETIVO 2024/2025 09-06-2024
O Agrupamento de Escolas Latino Coelho,...

FEIRA DE ORIENTAÇÃO VOCACIONAL "TO BE"

FEIRA DE ORIENTAÇÃO VOCACIONAL "TO BE" - IX EDIÇÃO

tobe 2018 banner 6 2

Apresentação

APRESENTAÇÃO

Vai decorrer, no dia 12 de abril, a IX edição da Feira de Orientação Vocacional "To Be" na Escola Secundária de Latino Coelho, escola-sede do Agrupamento de Escolas Latino Coelho, Lamego.
Com esta feira, pretendemos abranger 4 eixos fundamentais: estudante, profissional, empreendedor e ativo para que, num só local, possamos disponibilizar informação sobre o ensino superior universitário e politécnico, bem como militar e policial, mas também do ensino profissional, profissionalizante e ofertas formativas para adultos. Vão ser também dinamizados diversos workshops e atividades relacionadas com inovação e criatividade.

Objetivos

OBJETIVOS

Com esta feira pretendemos:
- Constituir um espaço de informação e sensibilização da população, em geral, e dos diversos agentes de educação e formação, em particular, para os desafios e oportunidades que se colocam ao nível da educação e da formação;
- Identificar boas práticas ao nível da formação que promovam a ligação dos alunos com o mercado de trabalho;
- Disponibilizar informação e aconselhamento personalizados sobre a situação e tendências de emprego, bem como dar a conhecer algumas oportunidades de ingresso no mercado de trabalho;
- Incentivar a criatividade e inovação junto da população escolar;
- Estimular e debater formas de empreendorismo nos jovens;

Estudante

ESTUDANTE

Vão participar diversas instituições do ensino superior universitário e ensino politécnico com o intuíto de divulgar, junto da população estudantes, as diversas ofertas formativas para o prosseguimento de estudos.

Universidades
- Universidade de Aveiro
- Universidade da Beira Interior
- Universidade Católica Portuguesa
- Universidade do Minho
- Universidade Portucalense
- Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro

Institutos Politécnicos
- Instituto Politécnico de Bragança
- Instituto Politécnico de Castelo Branco
- Instituto Politécnico da Guarda
- Instituto Politécnico de Viseu / Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Lamego
- Instituto PIAGET

 

Empreendedor

EMPREENDEDOR

Vão participar diversas instituições ligados ao empreendedorismo com o intuíto de divulgar, junto da população estudantes, as diversas ofertas/dinâmicas.

Inspiring Future
- Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP)
- OK Estudante

Ativo

ATIVO

Vão participar diversas instituições  com o intuíto de divulgar, junto da população estudantes, as diversas ofertas formativas/trabalho para o prosseguimento de estudos e/ou ingresso no mercado de trabalho:
- Exército Portugês (GAP de Lamego e CTOE)
- Força Aérea Portuguesa
- Guarda Nacional Republicana
- Polícia de Segurança Pública
- Centro Qualifica - Agrupamento de Escolas Latino Coelho, Lamego

KA 2 - LearningArts

PROJETO ERASMUS+  KA2 "LEARNING WHITH THE ARTS"

Projeto

PROJETO

O projeto baseia-se na ideia da integração das artes no processo de aprendizagem e ensino de outras disciplinas. A faixa etária dos alunos situa-se entre os 10-13 anos. O projeto envolverá diretamente mais de 60 professores e cerca de 430 alunos em 8 escolas europeias: Polónia, Alemanha, Itália, Portugal, Finlândia, Espanha, Grécia e Roménia.
À primeira vista, as artes nas aulas de matemática e ciência parecem menos óbvias do que na literatura ou na história. No entanto, as artes costumam utilizar conceitos e conteúdos matemáticos ou científicos (por exemplo, geometria em arquitetura ou frações em movimentos rítmicos). Queremos mostrar aos nossos alunos como os conceitos matemáticos abstratos que eles aprendem podem ser aplicados de maneiras criativas e produzir resultados artísticos, e como a biologia, a geografia ou outra disciplina mais científica se podem cruzar com as artes. As várias atividades criativas ajudar-nos-ão a envolvê-los melhor no processo de aprendizagem e a motivá-los, aumentando o seu interesse em matemática e ciência.
Aprender as línguas estrangeiras deve acompanhar o desenvolvimento da consciência intercultural. Se tornarmos o tema desta comunicação sobre os diferentes aspetos da cultura dos países europeus, com ênfase especial em diferentes artes e combinando a colaboração com a expressão artística e a criatividade, envolveremos positivamente três áreas: motivação e aquisição da língua estrangeira e desenvolvimento da consciência intercultural. Além disso, através do envolvimento dos alunos em atividades comuns que eles entendem como divertidas, também fomentaremos o sentido de compreensão e amizade entre crianças de diferentes países, lutando contra preconceitos e prevenindo a xenofobia.
Nosso objetivo geral é explorar novas formas de trabalhar com os alunos, a fim de permitir que eles aprendam e obtenham sucesso, também em áreas que causam problemas. As escolas que participam do projeto enfrentam diferentes desafios e dificuldades, e os seus professores têm várias experiências nestes aspetos. Vamos explorar possibilidades de melhorias e inovações no nosso trabalho, partilhando conhecimento, métodos, ideias e práticas, especialmente no que diz respeito ao ensino de matemática, ciência, línguas estrangeiras e artes.
Para aceder a mais informação clique aqui.

DURAÇÃO DO PROJETO
24 meses, a partir de 1 de setembro de 2017.

Objetivos

OBJETIVOS

O nosso objetivo geral é explorar novas formas de trabalhar com os alunos, a fim de permitir que eles aprendam e obtenham sucesso, também em áreas que causam problemas. As escolas que participam no projeto enfrentam diferentes desafios e dificuldades, e os seus professores têm várias experiências nestes aspetos: aquisição da língua estrangeira e articulação da aprendizagem com as artes. Vamos explorar possibilidades de melhorias e inovações no nosso trabalho, partilhando conhecimento, métodos, ideias e práticas, especialmente no que diz respeito ao ensino de matemática, ciência, línguas estrangeiras e artes.
Assim, sintetizamos:
1. Facilitar a aprendizagem de matemática e ciência e torná-la mais atraente para os alunos.
2. Facilitar a aprendizagem de línguas estrangeiras e fortalecer a motivação dos alunos nesta área.
3. Reforçar a exposição das crianças às artes e promover a expressão artística e a criatividade.
4. Construir a consciência intercultural das crianças e prevenir a xenofobia.
5. Desenvolver, implementar e partilhar módulos e atividades de aprendizagem com base na abordagem proposta.
6. Reforçar as qualificações dos professores através do intercâmbio de ideias e práticas.

Experimentar artes e participar delas afeta positivamente todos os aspetos da aprendizagem: ajuda a desenvolver matemática, ciências, linguagem e habilidades sociais. As artes também encorajam as crianças a experimentar o equilíbrio do seu eu emocional e intelectual e a comunicar ideias, sentimentos, problemas e soluções de forma verbal e não verbal. A exposição a criações de arte leva a uma consciência e a uma melhor compreensão das culturas próprias e outras.
Portanto, propomos a integração de artes em aulas de outras disciplinas: matemática, ciência, língua materna e língua estrangeira. Acreditamos firmemente que essa integração será benéfica tanto para o processo de ensino e aprendizagem desses assuntos quanto para a consciência intercultural de nossos alunos.

Trabalho

PROCESSO DE TRABALHO

Durante toda a duração do projeto, as escolas trabalharão em parcerias (um parceiro experiente com um recém-chegado). Cada grupo de atividades no projeto será atribuído para ser gerido por um par de escolas parceiras:

Módulos de aprendizagem baseados em arte e em matemática - Finlândia e Alemanha
Módulos de aprendizagem baseados em arte sobre ciência - Grécia e Itália
Quiz Cultura e Arte – Polónia e Roménia
Desafios de linguagem e artes - Espanha e Portugal

As escolas serão responsáveis pelo desenvolvimento de atividades do grupo designado de acordo com o plano e cronograma. Também criarão ferramentas de avaliação (questionários) e recolherão dados de avaliação relevantes para o grupo de atividades de todos os parceiros. Farão o upload da descrição das atividades e outros documentos relacionados, como os resultados da avaliação, no site comum do projeto. A Polónia, como coordenadora, supervisionará o progresso de todas as atividades e apoiará outras escolas na gestão das atividades atribuídas.
O site comum do projeto, que contém a descrição do projeto, bem como planos e recursos para módulos e atividades de aprendizagem desenvolvidos, será criado e mantido de forma legal pela Polónia e Finlândia.
O espaço Twinspace do projeto, utilizado para as atividades de comunicação e linguagem colaborativa, será mantido pela Itália e Portugal.
A escola da Grécia irá orientar e supervisionar os procedimentos de avaliação realizados nas escolas parceiras.
A escola da Espanha irá orientar e supervisionar as iniciativas de disseminação e as ações realizadas entre as escolas parceiras.
As escolas que acolhem reuniões de aprendizagem, conferências de professores e reuniões de projetos transnacionais serão responsáveis pela organização das reuniões. Todos os participantes das reuniões contribuirão para a reunião, preparando materiais, informações e atividades necessárias.
Para cada uma das duas Conferências de Professores, cada país preparará um módulo de formação relevante para o tema do projeto e com base na área de especialização da escola. As escolas que não organizam uma reunião (Alemanha e Roménia) serão responsáveis por resumir a Conferência dos Professores e fazer o upload de materiais e apresentações das conferências para o site comum do projeto.
Ilustrar conceitos matemáticos e científicos abstratos através das artes facilitará a sua melhor compreensão e o envolvimento dos alunos em atividades criativas baseadas nos conceitos estudados os ajudará a interiorizá-los e a memorizá-los. Para isso, desenvolveremos e implementaremos atividades nas quais as crianças usarão a língua estrangeira para trocar informações sobre a cultura dos seus países e comunicar-se-ão entre si para realizar atividades artísticas. Desta forma, estarão a desenvolver habilidades linguísticas ao mesmo tempo que desenvolverão a sua consciência intercultural.
Finalmente, como cada uma das escolas que participam no projeto possui conhecimentos diferentes, parte importante do nosso projeto será o intercâmbio de métodos e práticas inovadoras, em particular as centradas na abordagem interdisciplinar e relacionadas com o ensino da matemática, das ciências, línguas estrangeiras e artes.

Resultados

RESULTADOS ESPERADOS

Os alunos que participam nas atividades do projeto:
- estão mais interessados em aprender matemática e ciência;
- têm uma melhor compreensão dos conceitos matemáticos e científicos e dos conteúdos aprendidos através dos módulos implementados em artes;
- demonstram uma maior competência em língua inglesa em relação ao vocabulário, estruturas de linguagem e habilidades utilizadas nas atividades baseadas em artes;
- ficaram mais motivados para a aprendizagem de línguas estrangeiras,
- contactaram com artes e com mais momentos de envolvimento em atividades artísticas:
- demonstram uma maior consciência e conhecimento intercultural sobre a cultura dos seus próprios países e parceiros europeus;
- têm uma sensação de camaradagem com crianças de outros países.

Os Professores envolvidos no projeto:
- são capazes de integrar diferentes artes nas aulas de outras disciplinas, em especial matemática, ciência e línguas estrangeiras, utilizando exemplos de artes existentes para ilustrar diferentes conceitos e conteúdos e envolvendo estudantes em diversas atividades artísticas para facilitar a compreensão e interiorização do aprendido;
- possuem conhecimentos básicos sobre sistemas educacionais, currículo e práticas de ensino nos países parceiros:
- aumentaram o conhecimento e a compreensão de métodos inovadores de ensino de matemática, ciência, línguas estrangeiras e artes usadas nas escolas parceiras;
- estão interessados na abordagem interdisciplinar e dispostos a introduzir novos métodos na sua prática de ensino.

As escolas que participam no projeto:
- proporcionaram mais ocasiões para que os alunos participem das artes e criem através de qualquer área de estudo;
- atendem melhor às necessidades dos alunos com dificuldades de aprendizagem;
- aumentaram o prestígio aos olhos dos pais e da comunidade local.

Atividades

ATIVIDADES

Recursos de ensino:
A1: Módulos de aprendizagem matemática baseada em artes (min. 4 por país)

A2: Módulos de aprendizagem em ciência baseada em artes (min. 4 por país)

Coletânea de planos de aulas em matemática e ciência, desenvolvidos e implementados em escolas parceiras e baseados na ideia de integração artística, dirigidas a alunos de 10 a 13 anos.
Os módulos implementados em diferentes países e abrangendo tópicos diferentes podem estar em resultados finais misturados num módulo descrevendo abordagens alternativas, exemplos de artes e atividades criativas.

A3: Desafios de linguagem e artes (4)
Planos de atividades baseados em comunicação e colaboração entre alunos de diferentes países, desenvolvidos e implementados durante o projeto e dirigidos à faixa etária de 10 a 13 anos.
Cada plano de atividade:
- abordará competências de receção /ou produção de língua estrangeira, refletindo o nível e a proficiência para crianças de 10 a 13 anos, que aprendem inglês há alguns anos (QECRL A1, A1 +),
- incluirá o intercâmbio de informações entre Aalunos de diferentes países;
- incluirá alguma forma de expressão artística sob a forma de uma tarefa criativa baseada em artes plásticas, artesanato ou artes cénicas;
- utilizará as ferramentas colaborativas do Twinspace e será possível reproduzir noutros projetos eTwinning;
- incluirá resultados de avaliação da atividade.

A4: Quiz Cultura e Artes
Lista de perguntas (10 perguntas sobre cada país parceiro) criadas pelos alunos durante todo o projeto, referindo-se a diferentes aspetos do património cultural dos países parceiros, com ênfase especial nas artes. O questionário será adequado para ser reutilizado aumentando a consciência intercultural dos alunos e os seus conhecimentos sobre países europeus.

A5: Módulos culturais baseados em artes (4 por país anfitrião) e aulas de convidados baseadas em artes (1 por país convidado);
Planos de atividades pertencentes à cultura dos países anfitriões e convidados, com base na comunicação e colaboração entre alunos de diferentes países, realizados durante as reuniões de aprendizagem transnacionais em escolas parceiras.
Todos os recursos de ensino acima referenciados serão publicados no site comum do projeto. O plano de atividades que utiliza o Twinspace também será publicado no espaço público do Twinspace, para estar disponível para todos os utilizadores da plataforma eTwinning.

Disciplinas/participantes

DISCIPLINAS ENVOLVIDAS E PARTICIPANTES

DISCIPLNAS ENVOLVIDAS
- Inglês (A1/A1+)
- Literaturas/Língua Materna de cada país
- Matemática
- Ciências Naturais/Biologia
- Geografia
- Físico-Química
- EV
- ET
- TIC
- Educação Musical
- Escrita criativa
- Clube de Teatro/Educação Física
- Clube de Matemática.

PARTICIPANTES
No caso dos projetos Erasmus+, K2, os participantes são os alunos que, neste caso, serão aqueles que têm entre 10 e 13 anos de idade, do Agrupamento de Escolas Latino Coelho, Lamego.
Para participarem nos encontros fora dos seus países (atividades de LTT), deslocar-se-
-ão sempre entre dois a quatro alunos acompanhados por dois ou mais professores (de acordo com a disponibilidade financeira do projeto). Os alunos serão selecionados de acordo com os seguintes critérios:
- possuírem o nível de proficiência em inglês, de acordo com o Quadro Europeu Comum das Línguas para este nível de ensino, A1 a A1+;
- mostrar o melhor nível de proficiência apresentado oralmente e por escrito em inglês;
- cumprir com todas as tarefas que as escolas que integram o projeto decidirem desenvolver em tempo real ou online;
- estar inscrito na plataforma eTwinning e intervir atempadamente e sempre que houver atividades programadas pelo grupo de professores e de alunos dos países envolvidos;
- ter permissão para sair do país pelo seu Encarregado de Educação;
- aceitar ser recebido no país de acolhimento em casas de famílias e receber em sua casa aluno(a) europeu(europeia);
- revelar atitudes de interesse pela aprendizagem e respeito pelas regras do saber estar e de cidadania.

KA 2 - Multilingualism for a Sustainable Society

PROJETO ERASMUS+  KA2 "MULTILINGUALISM FOR A SUSTAINABLE SOCIETY"

Projeto

PROJETO

Este projeto Erasmus +, K2, envolve quatro países europeus e uma Universidade: Suécia, Itália, Portugal, Alemanha e a Universidade de Lund (Suécia). Pretende-se fomentar a aprendizagem das línguas francesa, espanhola e alemã, juntamente com o inglês como língua de comunicação, para que os alunos possam integrar-se mais facilmente num mundo globalizado.
Realizar-se-á de forma transnacional para uma melhor compreensão das condições em que vivemos e trabalhamos. As diferenças culturais entre países e escolas, bem como entre os nossos três idiomas-alvo, francês, alemão e espanhol, tradições e novos métodos de ensino de línguas, trarão novas perspetivas para o desenvolvimento de ideias de aprendizagem e de ensino.
Os alunos são uma parte essencial desse desenvolvimento e devem estar connosco na criação de metas, desenvolvimento e avaliação de métodos. Acreditamos que o ensino-aprendizagem online é uma parte cada vez mais importante da educação futura e também pode ser uma chave para métodos de trabalho mais estimulantes, levando a melhor motivação e resultados.
É importante conhecermo-nos para lecionar aulas e cooperar com professores e estudantes de diferentes países em testes e desenvolvimento de métodos de ensino-aprendizagem. Os alunos e professores serão estimulados a trabalhar digitalmente e na vida real com estudantes/professores fora da sala de aula, noutro país e noutras línguas.
Reunir professores universitários, professores de professores com professores do ensino básico e secundário para desenvolverem métodos de ensino nos nossos diferentes países criará novas redes, novos projetos, colaboração e pesquisas futuras.
O Departamento de Literatura e Línguas da Universidade de Lund irá trazer conhecimentos no estudo de línguas e ciências da educação. Este parceiro incentivará o processo do projeto, ajudará na escolha de métodos e avaliará o processo, bem como o resultado final do projeto junto com as organizações parceiras.
Como trampolim para o projeto, há o trabalho do professor Dylan William, "Avaliação para a aprendizagem", numa perspetiva de aprendizagem cooperativa onde professores e alunos são recursos para aprender uns com os outros. Essa ideia será implementada no projeto: professor - professor, professor - aluno e aluno - aluno, para atingir os objetivos e alcançar e promover habilidades e competências noutras línguas, que não o inglês, na era digital.
A tese, em língua francesa, " Motivação para aprender uma língua estrangeira - uma questão de visualização? Os efeitos de três actividades em sala de aula" por Céline Rocher Hahlin, que será membro da equipa de projeto da Universidade de Lund, identifica a visualização e a autenticidade como motivadores estimulantes para a aprendizagem de línguas. Será um ponto de partida na criação de atividades no projeto
Este projeto durará três anos, incluirá três reuniões de projetos transnacionais e várias reuniões pela Internet. Teremos 6 atividades transnacionais de workshop/aprendizagem, onde cada escola parceira terá sido organizadora duas vezes durante os três anos. A colaboração será alcançada não só dentro de cada língua, mas entre as línguas francesa, alemã e espanhola, com a ajuda do inglês como língua franca, quando necessário. A cooperação será entre professores durante as oficinas e na Internet na prática das atividades nas suas próprias escolas e nas escolas parceiras. Os alunos colaborarão durante as atividades de aprendizagem com alunos das escolas parceiras em sala de aula, durante a visita e pela Internet. O projeto iniciará novas redes, novos projetos e pesquisas futuras em colaboração com a formação de professores e as universidades.

DURAÇÃO DO PROJETO
36 meses, a partir de 1 de setembro de 2017.

Objetivos

OBJETIVOS

O principal objetivo é a troca de experiências e boas práticas de ensino e de aprendizagem.

Um dos objetivos é a partilha de métodos entre as diferentes línguas, melhorar o modo como as línguas são ensinadas e encontrar inspiração no que acreditamos ser abordagens diferentes para o ensino- -aprendizagem de línguas.

Outro objetivo é fortalecer as linguas estrangeiras lecionadas nas escolas, para além do inglês.. "O Quadro Europeu Comum de Referência para as Línguas: Aprendizagem, Ensino, Avaliação" servirá como um conjunto de ferramentas para workshops, planos de aula e avaliação do nível de linguagem. O Europass será a ferramenta de autoavaliação para os alunos no final de cada ano lectivo.

Um terceiro objetivo é melhorar o uso das TIC no ensino-aprendizagem de línguas nas nossas escolas. Uma educação linguística sustentável deve ter desenvolvido métodos de TIC. Eles permitirão individualizar o ensino-aprendizagem e trabalhar através das fronteiras, com as escolas e alunos do outro.

Um quarto objetivo é fortalecer o intercâmbio com os nossos parceiros no ensino superior. Contribuirão com pesquisas, palestras, observação, avaliação de métodos e alunos de formação de professores.

O Twinspace vai fazer parte de um projeto Erasmus + no qual os professores trabalham na motivação dos alunos aprendendo uma língua estrangeira no ensino básico e secundário. As atividades dos alunos no Twinspace devem ajudá-los não só a entrar em contato uns com os outros, mas também a dar feedback sobre as estratégias dos professores e o trabalho nas escolas, assim como no projeto.
No Twinspace, mais alunos do que apenas os envolvidos nas reuniões podem participar do projeto.

Trabalho

PROCESSO DE TRABALHO

O projeto terá um grupo que fará a gestão global, sendo o responsável pela gestão do orçamento do projeto o Gymnasieskolan Spyken e a Professora da Universidade de Lund, Céline Rocher Hahlin, como especialista em pesquisa na motivação de estudantes de línguas, definição de atividades, métodos e avaliação do trabalho.
As reuniões do projeto serão realizadas uma vez por mês através do Skype ou outra solução digital quando não planeada, como uma reunião de projeto transnacional. A plataforma para trabalhos colaborativos será o eTwinning e Google. Será criado um site para partilhar o nosso trabalho, planos de aula e as atividades, nos três idiomas.
O responsável pelas atividades LTT será a organização parceira com a ajuda dos outros países. A agenda será partilhada com os parceiros de antemão.
O responsável pela gestão da plataforma eTwinning será o St.-Irmengard-Gymnasium, na Alemanha.
O site será criado pelo Agrupamento de Escolas Latino Coelho, Portugal, que será o principal responsável por isso, enquanto todas as escolas parceiras serão responsáveis pela apresentação de material para uso partilhado.
"LICEO STATALE" GUGLIELMO MARCONI ", Itália, será responsável pela criação de questionários para as avaliações e um boletim informativo.
Gymnasieskolan Spyken, Suécia, será responsável por um canal do Youtube e um site no Facebook.
O Centro de Línguas e Literatura da Universidade de Lund será responsável por supervisionar o projeto em termos de qualidade das atividades, sua conexão com a pesquisa e a avaliação do projeto com sugestões para futuras pesquisas.

Resultados

RESULTADOS ESPERADOS

- Melhorar o conhecimento e a prática de uma plataforma baseada na web para o trabalho internacional colaborativo.
- Conceber e realizar vídeos por alunos, separadamente e em conjunto sobre: estímulo/motivação/expe-ctativas/mudanças/sugestões para um efetivo ensino-aprendizagem das línguas envolvidas.
- Escrever artigos por estudantes e professores em todas as línguas envolvidas e publicados no site.
- Promover a aprendizagem colaborativa entre alunos e professores das escolas participantes aumentará a sua motivação e resultados nas matérias envolvidas no projeto.
- Estimular a participação dos alunos na execução do projeto no grupo de gestão local que fortalecerá a motivação entre os alunos e a implementação de novos métodos de trabalho.
- Fortalecer a colaboração entre escolas parceiras, universidades e escolas de formação de professores com uma oportunidade para futuras pesquisas no domínio da educação, em línguas específicas.
- Divulgar os resultados nas escolas, para outras escolas da área, colegas universitários, escolas de formação de professores e estudantes e para o público através do site aberto criado, o grupo do Facebook, o canal do Youtube, o eTwinning plataforma e artigos nos media local dos países parceiros.
- Pesquisar e investigar futuramente nas universidades ligadas ao projeto, com base no resultado deste projeto.
O produto final será parte do relatório final sobre o projeto Erasmus + e estará aberto à comunidade eTwinning.

Atividades

ATIVIDADES

As atividades consistirão em:
- palestras sobre o ensino das línguas ou o tema da atividade por palestrantes de universidades ou escolas de formação de professores, acompanhados de oficinas para professores e visitas de estudo para estudantes;
- preparação de tarefas a serem realizadas nas salas de aula, digital ou na vida real;
- implementação das atribuições nas salas de aula, digital ou na vida real, em/ ou entre as escolas parceiras;
- aprender nas aulas das escolas parceiras;
- ensinar nas aulas dos alunos de cada país parceiro;
- observar o ensino/aprendizagem nas escolas parceiras.
Um tema geral foi decidido pelos parceiros como foco temático na aprendizagem de línguas. A equipa do projeto decidiu 6 temas para as 6 palestras-oficinas com base nos 17 objetivos da agenda da ONU para 2030 e Desenvolvimento Sustentável. Os temas serão: Consumo e produção (meta 12), Igualdade (metas 5 + 10), Vida saudável (metas 2 + 3), Cidades e infra-estruturas (metas 9 +11), Energia (meta 7) e Vida profissional (meta 8). O plano de tempo definido com o tema para cada palestra/ workshop será estruturado no tempo para organizar os eventos nas escolas parceiras.

Disciplinas/participantes

DISCIPLINAS ENVOLVIDAS E PARTICIPANTES

DISCIPLINAS ENVOLVIDAS
Línguas Estrangeiras (francês, espanhol e alemão)
Literaturas/Língua Materna de cada país
Oficinas/clubes de Multimédia
Ciências Naturais/Biologia
História
Geografia
EV
TIC.

PARTICIPANTES
No caso dos projetos Erasmus+, K2, os participantes são os alunos que, neste caso, serão aqueles que frequentam as aulas de língua francesa, espanhola e alemã das escolas dos países envolvidos.
Para participarem nos encontros fora dos seus países (atividades de LTT), deslocar-se-ão sempre três alunos acompanhados por três professores. Os alunos serão selecionados de acordo com os seguintes critérios:
- frequentar as aulas de francês, espanhol e alemão (caso exista) de nível de proficiência entre A2-B2, com idades entre os 14 e os 18 anos;
- o melhor nível de proficiência apresentado oralmente e por escrito na língua estrangeira que está a aprender, sem ser o inglês;
- cumprir com todas as tarefas que as escolas que integram o projeto decidirem desenvolver em tempo real ou online;
- estar inscrito na plataforma eTwinning e intervir atempadamente e sempre que houver atividades programadas pelo grupo de professores e de alunos dos países envolvidos;
- ter permissão para sair do país pelo seu Encarregado de Educação;
- aceitar ser recebido no país de acolhimento em casas de famílias e receber em sua casa aluno(a) europeu(europeia).

ENCONTRO EM LAMEGO - 19 a 23 de novembro
Vai decorrer, de 19 a 23 de novembro, um encontro em Lamego do projeto

Pág. 8 de 39

  logoAELC hor 600

Agenda

junho 2024
Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

APOIO TÉCNICO - INFORMÁTICA

apoio

#ESTUDOEMCASA

EstudoEmCasa 6

RGPD - POLÍTICA DE PRIVACIDADE

rgpd-politicaPrivacidade 6

OFFICE 365

office

SHAREPOINT - PROFESSORES

SharePoint 6

INOVAR +

inovarmais

CONTACTOS

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS LATINO COELHO, LAMEGO
Escola-sede: Escola Secundária de Latino Coelho
Avenida das Acácias 
5100-070 LAMEGO
tel. (+351) 254 612 023  fax. (+351) 254 655 323
url: www.aelc-lamego.pt
fb: www.facebook.com/aelc.lamego
Inst: https://www.instagram.com/latinocoelho_lamego/ 
e-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.     Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Cofinanciado por:
phcc pos 300

Autenticação